Sua Empresa está preparada para a indústria 4.0 ?

A indústria 4.0 no Brasil, não é uma questão futurista e sim, uma necessidade do presente. Ela é composta pela utilização em larga escala, de tecnologias como o big data, da internet das coisas (IOT) onde objetos físicos interagem através da internet, da manufatura aditiva (ex.: impressoras 3D), da inteligência artificial (AI), da robótica, etc.. que possibilitam a fusão dos mundos físico, digital (sistemas ciber-físicos, onde todos os equipamentos e processos numa fabrica tem seu irmão digital) e biológico (biologia sintética).


A revolução da indústria 1.0 (mecânica com a invenção da maquina a vapor), a indústria 2.0 (Elétrica, com a chegada das lâmpadas e dos motores elétricos), a indústria 3.0 (Automação, com a popularização do uso de computadores pessoais e de robôs), todas criaram a produção em massa, a tecnologia da informação, as linhas de montagem de Henry Ford, permitindo aos trabalhadores uma renda mais elevada e tornando a competição tecnológica a base do desenvolvimento econômico.


A indústria 4.0 ao permitir a fusão dos mundos físico, digital e biológico, estão trazendo um impacto exponencial em nossas vidas. Embora a indústria hoje represente hoje menos de 10% do #pib e o #Brasil ocupe a posição Nº 69 no índice global de inovação, a 4.0 representa uma enorme oportunidade de aumento de produtividade (ganhos de eficiência, redução de custos de manutenção e de consume de energia).


O manufatura enxuta “lean manufacturing”constitui o primeiro passo rumo a implantação de uma indústria 4.0. Desenvolvido pela #Toyota após a segunda Guerra Mundial, tinha como objetivo a melhoria da produtividade, através da redução de 8 desperdícios constatados comumente:


1. Produtos defeituosos;

2. Produção excessiva;

3. Estocagem;

4. Transporte desnecessário;

5. Espera ou ociosidade;

6. Processamento excessivo;

7. Não aproveitamento de ideias;

8. Conhecimento dos trabalhadores.


Tudo isto voltado à busca da qualidade total e da melhoria continua.


O #SEBRAE dispõe de boas ferramentas para ajudar as indústrias de menor porte nesta tarefa.


Sempre cito o exemplo da EXPOR Manequins, empresa familiar brasileira, de segunda geração, que projeta, fabrica e comercializa manequins de vitrine, utilizando todas as ferramentas da indústria 4.0, conseguindo exportar para mais de 20 países, inclusive para a #china!


6 visualizações0 comentário